A FELICIDADE INTERNA BRUTA COMO POLÍTICA URBANA

Roberto Zanon, Solange Irene Smolarek Dias, Maria Paula Fontana de Figueiredo

Resumo


Objetivando contribuir na discussão de transformações e desafios das cidades contemporâneas, insere-se na temática das políticas urbanas a mensuração da Felicidade Interna Bruta – FIB. Na inserção do tema, destaca-se a correlação desse indicador com o Produto Interno Bruto – PIB. Discorre-se sobre a cidade e a felicidade, em conceitos da filosofia, da psicologia e de outras ciências sociais, correlacionando-as com o urbanismo. Apresenta-se a métrica da construção do FIB, bem como dois casos em que esse indicador foi medido: Thimbu, no Butão, e Curitiba/PR. Na discussão aborda-se a importância de que políticas urbanas contemplem o FIB. Conclui-se discorrendo sobre a necessidade de construção desses indicadores, objetivando a proposição de programas e projeto de ordenamento territorial mais justos e adequados às populações locais.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.