A COMUNIDADE, O PATRIMÔNIO E O PROCESSO DE INVENTÁRIO: UM ESTUDO DE CASO

Vanessa Silva Souza, Silmara Dias Feiber

Resumo


O inventário é o instrumento mais completo para identificação e documentação de bens que compõem o patrimônio. Partindo do pressuposto de que o primeiro passo para a proteção de um bem cultural é o reconhecimento deste como patrimônio por parte da comunidade que o possui, o presente estudo visa elucidar aspectos conceituais e metodológicos do inventário e explanar, através de estudo de caso a importância da participação da comunidade no processo de inventário. Para tanto, apresenta-se neste corpo teórico o relato da experiência da participação da comunidade de Céu Azul/PR no processo de inventário dos bens arquitetônicos em madeira. Com esse relato, busca-se conscientizar os profissionais da arquitetura envolvidos na elaboração de inventários de bens arquitetônicos sobre a necessidade de se ler a comunidade e de interpretar as informações obtidas por meio da conversa com a população.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.