A IMPORTÂNCIA DA EQUIPE DE ENFERMAGEM FRENTE AOS CUIDADOS PALIATIVOS

Kelly Bentak, Priscila Kevelin Savaris, Rafaela Bramatti Silva Razini Oliveira

Resumo


Este artigo teve como objetivo explorar através da literatura existente, quais as principais atribuições e a importância da equipe de enfermagem frente à assistência prestada aos pacientes em tratamento paliativo, em qualquer nível de atenção. Quanto aos procedimentos metodológicos, a pesquisa se caracterizou como bibliográfica, descritiva, com análise qualitativa, sendo realizada no período de agosto à outubro de 2013. Após a leitura e análise dos textos foram classificados em três eixos norteadores: 1) o impacto da morte; 2) a humanização do cuidado; 3) a importância da equipe de enfermagem aos cuidados prestados. Este artigomostra à importância da enfermagem aos cuidados paliativos de pacientes em estados terminais. A partir dos resultados obtidos, conclui-se que conforme observado durante a pesquisa a dimensão do sofrimento do paciente tem demonstrado a importância de ser aplicada uma assistência humanística, voltada para o bem-estar e para que os dias de vida do doente sejam vivenciados com o verdadeiro significado de sua existência. As ações e cuidados humanísticos na terapêutica paliativa vão além de realizar procedimentos técnicos, pois a equipe de enfermagem não visa somente o cuidado físico, mas busca apoiar o doente e a família em seus momentos de angustia e sofrimento, onde colocam seu conhecimento e suas experiências para fortalecer a confiança entre o doente, a família e a equipe.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.