PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO MUNICIPAL: O CASO DE CASCAVEL/PR

Solange Irene Smolarek Dias, Rafael Cerioli Hermoso, Roberto Zanon

Resumo


O setor público passa por amplas mudanças a fim de oferecer uma melhoria na qualidade de gestão. Em vista disso, a presente pesquisa buscou entender a relação do planejamento estratégico municipal com os atuais planos utilizados no município de Cascavel, no estado do Paraná, utilizando como base de entendimento dois correlatos, sendo um nacional e outro internacional. A eficiência, eficácia e efetividade sobre os atuais planos são observadas com a utilização do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) e o Produto Interno Bruto (PIB) como parâmetros. A hipótese de que em Cascavel há planejamento estratégico municipal – PEM – é refutada. Apesar de não haver PEM, durante a pesquisa é comprovada a utilização de conceitos de planejamento estratégico na gestão municipal, pois o município possui outros instrumentos com tais conceitos, como o plano diretor, o plano de governo e o plano plurianual, apresentados na pesquisa

Texto completo:

PDF

Referências


REFERÊNCIAS

AQUICATALUNHA. A economia da Catalunha cresce, mas tem um ponto fraco. 2019. Disponível em: < https://aquicatalunha.com.br/economia-da-catalunha-cresce-mas-tem-um-ponto-fraco/>. Acesso em 24 de março de 2020.

ATLASBRASIL. Perfil de Cascavel/PR. 2020. Disponível em: < http://atlasbrasil.org. br/2013/pt/perfil_m/cascavel_pr>. Acesso em 25 de março de 2020.

ATLAS DO DESENVOLVIMENTO HUMANO NO BRASIL. O IDHM: Joinville/SC: 2013. Disponível em: < http://www.atlasbrasil.org.br/2013/pt/perfil_m/joinville_sc>. Acesso em 08 de outubro de 2019.

AURÉLIO. In: Planejamento. 5ª Edição. Curitiba/PR: Editora Positivo, 2014.

ALEP. Projeto de lei complementar n° 402/2012. Institui a região metropolitana de Cascavel/PR. 2012. Disponível em: < http://portal.alep.pr.gov.br/modules/mod_legislati vo_arquivo/mod_legislativo_arquivo.php?leiCod=20485&tipo=I>. Acesso em 20 de julho de 2019.

BRAGA, Márcia. Conservação e restauro. Rio de Janeiro/RJ: Editora Rio, 2003.

BRASIL; Ministério das Cidades. Plano Diretor Participativo: guia para elaboração pelos municípios e cidadãos. Brasília/DF: CONFEA, 2004.

______. Lei n° 10257 de 10 de julho de 2001. Estabelece diretrizes gerais da politica urbana e dá outras providências. 2 ed. Brasília/DF: Câmara dos Deputados, coordenação de publicações. 2001.

______. Lei de Responsabilidade Fiscal; Lei Orçamentária Anual; Lei Orgânica do Município; Lei de Diretrizes Orçamentárias. Brasília/DF: 2020. Disponível em: < http://www.planejamento.gov.br/servicos/faq/orcamento-da-uniao/leis-e-principios-orcamentarios>. Acesso em 25 de março de 2020.

______. Constituição Federal. Da tributação e do orçamento, Artigo 165. Brasília/DF: 1988. Disponível em: < https://www.senado.leg.br/atividade/const/con 1988/com1988_14.12.2017/art_165_.asp>. Acesso em 25 de março de 2020.

BURIOL, Juarez. Planejamento estratégico municipal. Novo Hamburgo/RS: Editora Feevale, 2005.

CASCAVEL. Decreto n° 11744 de 26 de março de 2014. Constitui a Unidade de Coordenação do Programa de Desenvolvimento Integrado – UC/PDI. 2014. Disponível em: . Acesso em 25 de março de 2020.

______. Plano de Governo para Cascavel – Leonaldo Paranhos. 2016. Plano de Governo do Candidato a prefeitura municipal Leonaldo Paranhos. Disponível em: < http://divulgacandcontas.tse.jus.br/dados/2016 /PR/74934/2/160000010308/proposta_governo1471030685351.pdf>. Acesso em 26 de março de 2020.

______. Plano Diretor de Cascavel de desenvolvimento integrado. Omar Akel e equipe. Volume 1.2.3. 1992.

______. Plano Diretor de Cascavel. 2017a. Aprovado pela lei complementar n° 91 de 23 de fevereiro de 2017. Disponível em: . Acesso em 24 de março de 2020.

______. Lei n° 6764 de 19 de outubro de 2017. Dispõe sobre o plano plurianual do município de Cascavel para o período de 2018 a 2021. 2017b. Disponível em: . Acesso em 25 de março de 2020.

CARVALHO, Maria Cecília M. Construindo o saber: metodologia científica – fundamentos e técnicas. 2ª edição. Campinas/SP: Papirus, 1989.

COLIN, Sílvio. Uma introdução à arquitetura. Rio de Janeiro/RJ: Editora Espaço Cultura Barra Ltda, 2000.

COMPANS, Rose. Intervenções de zonas urbanas centrais: experiências nacionais e internacionais. In: COMIN, A (org). Caminhos para o centro: estratégias de desenvolvimento para região central de São Paulo. São Paulo/SP: UNESP, 2004.

COSTA, Marcos. Para entender o plano estratégico de Barcelona. 2012. Disponível em: . Acesso em 09 de outubro de 2019.

DELGADO, Manuel. Barcelona: o mito do espaço público. Curitiba/PR: Goethe Institut, 2011.

DIAS, Caio Smolarek; FEIBER, Fúlvio Natércio; MUKAI, Hitomi; DIAS, Solange Smolarek. Cascavel: um espaço no tempo – a história do planejamento urbano. Cascavel/PR: Sintagma Editores, 2005.

______. Capanema/PR; A proposta do plano diretor. Capanema/PR: Editora Smolarek Arquitetura Ltda, 2007.

DIAS, Caio Smolarek; DIAS, Solange Smolarek. Criação de método e definição de indicadores e definição de indicadores de desempenho de ações municipais planejadas. Cascavel/PR: Editora Smolarek Arquitetura Ltda, 2008.

EXAME. As 50 melhores cidades do Brasil para se viver segundo a ONU. 2014. Disponível em: < https://exame.abril.com.br/brasil/as-50-melhores-cidades-do-brasil-para-se-viver-segundo-onu/>. Acesso em 24 de março de 2020.

______. Entenda o que é PIB e como ele é calculado. 2018. Disponível em: . Acesso em 24 de março de 2020.

FERNANDES, Janaína de Mendonça. O planejamento estratégico municipal como instrumento de gestão em cenários complexos: um estudo sobre os condicionantes dos planos da cidade de Barcelona. In: Cadernos EBAPE. Volume 7 Número 2, junho de 2008. Rio de Janeiro/RJ: Disponível em: . Acesso em 09 de outubro de 2019.

G1. Maior festival de dança do mundo ocorre na cidade de Joinville. 2013. Disponível em: Acesso em 06 de outubro de 2019.

______. Joinville é a cidade mais rica de Santa Catarina aponta pesquisa do IBGE. 2015. Disponível em: Acesso em 07 de outubro de 2019.

GAWC. Globalization and World Cities. 2010. Disponível em: Acesso em 08 de outubro de 2019.

GAZETA DO POVO. 10 Cidades concentram 42% da população do PR. 2019. Disponível em:< https://www.gazetadopovo.com.br/parana/populacao-maiores-menores-cidades/>. Acesso em 30 de março de 2020.

GIL, Antônio Carlos. Como elaborar projeto de pesquisa. São Paulo/SP: Atlas S.A, 2002.

HARDT, Carlos.; HARDT, Letícia P. A. Plano diretor municipal. Curitiba/PR: Pontifícia Universidade Católica do Paraná – Mestrado em gestão urbana, 2005.

HOJE, Suplemento. Cascavel do futuro. Cascavel/PR: Edição 11, 2007.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. 2016. Disponível em: . Acesso em 25 de março de 2020.

______. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas. 2017. Disponível em: < https://cidades.ibge.gov.br/brasil/pr/cascavel/panorama>. Acesso em 25 de março de 2020.

______. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas. 2019. Disponível em: Acesso em 10 de outubro de 2019.

______. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas. 2020a. Disponível em: . Acesso em 24 de março de 2020.

______. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas. 2020b. Disponível em: . Acesso em 24 de março de 2020.

______. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas. 2020c. Disponível em: . Acesso em 24 de março de 2020.

______. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas. 2020d. Disponível em: . Acesso em 24 de março de 2020.

IPARDES. Caderno Estatístico Município de Cascavel. Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social. 2020. Disponível em: . Acesso em 25 de março de 2020.

IPC. Sobre o IPC. Instituto de Planejamento de Cascavel. 2020. Disponível em: < http://www.ipc.cascavel.pr.gov.br/conheca-o-ipc>. Acesso em 30 de março de 2020.

IPPUJ. Joinville: Cidade em dados. Joinville/SC: 2016. Prefeitura de Joinville. Disponível em: Acesso em 06 de outubro de 2019.

KARAM, Carlos Alberto. O planejamento estratégico de Joinville e o desenvolvimento sustentável do município. São Paulo/SP: XXXIII Encontro da ANPAD, 2009.

LAKATOS, Eva Maria, MARCONI, Marina de Andrade. Fundamentos de metodologia científica. São Paulo/SP: Atlas S.A, 2003.

LOBATO, David Menezes; FILHO, Jamil Moysés; TORRES, Maria Cândida Sotelino; RODRIGUES, Murilo Ramos Alambert. Estratégia de empresas. Rio de Janeiro/RJ: FGV Editora, 2009.

MAIORES E MELHORES. As 10 melhores cidades do Brasil para criar seus filhos. 2015. Disponível em: . Acesso em 24 de março de 2020.

MARTHA, Luiz Fernando. Análise de estruturas: Conceitos e métodos básicos. Rio de Janeiro/RJ: Editora Elsevier, 2010.

NSCTOTAL. Crise econômica provoca queda inédita no PIB em Joinville. 2018. Disponível em: < https://www.nsctotal.com.br/colunistas/saavedra/crise-economica-provoca-queda-inedita-no-pib-em-joinville> Acesso em 10 de maio de 2020.

______. Joinville é a 2° melhor cidade do Brasil para se viver, aponta pesquisa. 2016. Disponível em: < https://www.nsctotal.com.br/noticias/joinville-e-a-2a-melhor-cidade-do-brasil-para-se-viver-aponta-pesquisa> Acesso em 07 de outubro de 2019.

PAGNONCELLI, Dernizo; AUMOND, Carlos Walter. Cidades, capital social e planejamento estratégico – o caso Joinville. Rio de Janeiro/RJ: Editora Campus, 2004.

PARANÁ. Lei n° 15.229, de 25 de julho de 2006. Dispõe sobre normas para execução do sistema das diretrizes e bases do planejamento e desenvolvimento estadual, nos termos do art. 141, da constituição Estadual. Diário Oficial do Estado do Paraná. N° 7276. 2006. Disponível em: < http://www.paranacidade.org.br/modules/conteudo/conteudo.php?conteudo=65>. Acesso em 20 de maio de 2020.

PFEIFFER, Peter. Planejamento estratégico municipal no Brasil: uma nova abordagem. Brasília/DF: Editora ENAP, 2000.

PIQUET, Rosélia. Cidade – Empresa: presença na paisagem urbana brasileira. Rio de Janeiro/RJ: Jorge Zahar Editor, 1998.

JOINVILLE. Hall dos prefeitos. 2019a. Disponível em: < https://www.joinville.sc.gov.br/?s=PREFEITOS+DE+JOINVILLE&post_type=institucional&tag-tipo-institucional=&tag-institucional=&pyli_after=&pyli_before=> Acesso em 08 de outubro de 2019.

______. Joinville cidade em dados. 2019b. Disponível em: < https://www.joinville.sc.gov.br/wp-content/uploads/2019/08/Joinville-Cidade-em-Dados-2019-Desenvolvimento-Econ%C3%B4mico.pdf> Acesso em 08 de outubro de 2019.

ONU. Objetivos de Desenvolvimento do Milênio. Nova York/EUA. Organização das Nações Unidas. 2000. Disponível em: . Acesso em 25 de março de 2020.

______. Objetivos para transformar nosso mundo. Nova York/EUA. Organização das Nações Unidas. 2015. Disponível em: . Acesso em 24 de março de 2020.

QUEIROZ, Roosevelt Brasil. Formação e gestão de políticas públicas. Curitiba/PR: Editora Intersaberes, 2012.

REZENDE, Denis Alcides. Planejamento estratégico municipal como proposta de desenvolvimento local e regional de um município paranaense. In: Revista da FAE, Volume 9 Número 2, dezembro de 2006. Curitiba/PR: Disponível em:. Acesso em 13 de agosto de 2019.

REZENDE, Denis Alcides; CASTOR, Belmiro V. J. Planejamento estratégico municipal. Rio de Janeiro/RJ: Editora Brasport, 2005.

SANTACANA, Francesc. Les estratégies de la ciutat: del 1r al 2n plan. In: Associació plan estratégic Barcelona 2000. 10 anys de planificació estratégica a Barcelona (1988-1998). Barcelona: Associació Pla Estratégic Barcelona. 2000.

SERRA, Fernando Ribeiro; FERREIRA, Manuel Portugal; TORRES, Alexandre Pavan; TORRES, Maria Candida. Gestão estratégica: conceitos e casos. São Paulo/SP: Editora Atlas, 2014.

SIC. Statistical Institute of Catalonia. 2018. Disponível em: Acesso em 08 de outubro de 2019.

SILVA, Matheus P. O. Como o planejamento estratégico de Barcelona reinventou a metrópole?. 2018. Disponível em: Acesso em 08 de outubro de 2019.

SOUZA, Jorge Luiz. O que é IDH. In: Revista de informações e debates do IPEA: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada, Edição 39 Ano 5. 2008. Disponível em: < http://www.ipea.gov.br/desafios/index.php?option=com_content&view=article&id=2144:catid=28&Itemid=23>. Acesso em 09 de outubro de 2019.

TAVARES, Otávio. Quem são os vencedores e os perdedores dos jogos olímpicos?. In: Revista Pensar a Prática. Volume 8. Número 1. Junho de 2006. Goiânia/GO: Disponível em: < https://www.revistas.ufg.br/fef/article/view/105>. Acesso em 09 de outubro de 2019.

TELLO, Rosa. Plano Estratégico de Barcelona: Do Balanço ao Novo Plano. Finisterra/ES: Universidade de Barcelona, 1994.

TERRA. Entenda o cálculo do IDH e seus indicadores. 2017. Disponível em: < https://www.terra.com.br/noticias/mundo/entenda-o-calculo-do-idh-e-seus-indicadores,9b65120115dc0cc756b529832aa733d1nls36v2s.html>. Acesso em 24 de março de 2020.

TODAPOLITICA. Paranhos é eleito prefeito de Cascavel pelo PSC na coligação: Cascavel mais humana, sem corrupção e sem desperdício. 2017. Disponível em: . Acesso em 24 de março de 2020.

TRATABRASIL. Ranking de Saneamento. 2018. Disponível em: . Acesso em 25 de março de 2020.

TSE. Lei n° 9.504 de 30 de setembro de 1997. Estabelece normas e diretrizes para eleições. 1997. Disponível em: . Acesso em 25 de março de 2020.

URBAN. Melhores cidades para negócios. 2018. Disponível em: . Acesso em 01 de outubro de 2019.

VILLAÇA, Flávio. Espaço intraurbano no Brasil. São Paulo/SP: Editora Studio Nobel, 2001


Apontamentos

  • Não há apontamentos.