MODERNISMO EM CASCAVEL/PR: OBRAS ARQUITETÔNICAS REPRESENTATIVAS

Sirlei Maria Oldoni, Jessica Soares Ferreira

Resumo


O presente trabalho, que faz parte de uma pesquisa de Trabalho de Curso de Arquitetura e Urbanismo do Centro Universitário da Fundação Assis Gurgacz, apresentou por meio de levantamento as obras representativas do modernismo na cidade de Cascavel - PR. Inserida na linha de pesquisa “Arquitetura e Urbanismo” e no grupo “Patrimônio histórico e cultural”, a presente pesquisa abordou os fundamentos referentes à arquitetura moderna em âmbito nacional e mundial, apresentando a sua influência no interior paranaense. O problema motivador da pesquisa foi formulado pela seguinte indagação: quais são as características formais e históricas das obras representativas do modernismo em Cascavel - PR? Parte-se da hipótese que a produção arquitetônica local seguiu a linguagem formal brutalista e que seu contexto se amparou na modernização municipal proposta para a cidade. A pesquisa se desenvolveu a partir de revisão bibliográfica, pesquisa de campo e pesquisa exploratória se valendo do método dedutivo


Texto completo:

PDF

Referências


BASTOS, Maria Alice Junqueira; ZEIN, Ruth Verde. Brasil: arquitetura após 1950. 1 Ed. São Paulo: Perspectiva, 2015.

BENEVOLO, Leonardo. História da arquitetura moderna. 3. ed. São Paulo: Perspectiva, 2004.

BRUAND, Yves. Arquitetura contemporânea no Brasil. 5. ed. São Paulo: perspectiva, 2012.

CASCAVEL. Histórico da Biblioteca Pública Municipal. Portal do município de Cascavel. 2020. Disponível em:.

Acesso em: 17 ago. 2019.

CAVALCANTI; LAGO, André Corrêa do. Ainda moderno? Arquitetura brasileira contemporânea. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2005.

COLIN, Silvio. Uma introdução à arquitetura. 3. ed. Rio de Janeiro: UAPÊ, 2004.

DIAS, Caio Smolarek; FEIBER, Fúlvio Natércio; MUKAI, Hatomi; DIAS, Solange Irene Smolarek.

Cascavel: um espaço no tempo. A história do planejamento urbano. Cascavel: Sintagma Editores, 2005.

FRAMPTON, Kenneth. História crítica da arquitetura moderna. 1. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2003.

GEOPORTAL. Governo municipal de Cascavel. 2020. Disponível em: Acesso em: 09 abr. 2019.

GIL, Antônio Carlos. Métodos e técnicas de pesquisa social. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

GYMPEL, Jan. História da Arquitectura: da antiguidade aos nossos dias. Colónia: Konemann, 2001.

GRAU, Arnaldo Puig. Síntese dos estilos arquitectónicos. 2. ed. Lisboa: Plátano, 1989.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. 2020. Disponível em:

/index.php/bibliotecacatalogo?acervo=fotografia&campo=assunto&notqry=&opeqry=&texto=cascavel&digital=false&fraseexata=&tpbusca=2> Acesso em: 01 out. 2019.

JANUÁRIO, Isabella Caroline. A arquitetura de Joel Ramalho Júnior, Leonardo Oba e Guilherme Zamoner nos anos 70: concursos nacionais, respostas curitibanas. Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo) – Programa de Pós-Graduação associado entre a Universidade Estadual de Maringá e a Universidade Estadual de Londrina. 2018. Disponível em:

/10/isabellajanuario_concursos_curitiba.pdf> Acesso em: 4 abr. 2020.

KROIN, Vanderlei. Panorama do modernismo no paraná no século XX. Revista Entrelinhas, v. 12, 2018. Disponível em: Acesso em: 24 ago. 2019.

MARCONI, Marina de Andrade; LAKATOS, Eva Maria. Técnicas de pesquisa. 8. ed. São Paulo: Atlas, 2017.

MASCARELLO, Debora Faria. Intervenção na biblioteca municipal de Cascavel-PR. Cascavel: FAG, 2012. Disponível em:

e9bora%20Faria%20Mascarello/>. Acesso em: 19 abr. 2020.

MENDES, Chico; VERÍSSIMO, Chico; BITTAR, Willian. Arquitetura no Brasil: de Deodoro a Figueiredo. Rio de Janeiro: Imperial Novo, 2015.

MIS. Acervo fotográfico do Museu da Imagem e do Som da cidade de Cascavel-PR. 2020.

MONTANER, Josep Maria. A condição contemporânea da arquitetura. São Paulo: Gustavo Gilli, 2016.

______. Depois do movimento moderno: arquitetura da segunda metade do século XX. São Paulo: Gustavo Gili, 2014.

NVG. Currículo bibliográfico. Cascavel: NGV Arquitetura ,2020. Disponível em:

a.com.br/curriculo-biografico>. Acesso em: 19 abr. 2020.

PACHECO, Paulo Cesar Braga. O risco do Paraná e os concursos nacionais de arquitetura 1962-1981. Tese (Doutorado em Arquitetura). Programa de Pesquisa e Pós-Graduação em Arquitetura-PROPAR, Faculdade de Arquitetura da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2004. Disponível em: Acesso em: 09 set. 2019.

PEREIRA, José Ramón Alonso. Introdução a história da arquitetura: das origens ao século XXI. Porto Alegre: Bookman, 2010.

PIAIA, Vander. A ocupação do oeste paranaense e a formação de cascavel: as singularidades de uma cidade comum. Tese (Doutorado em História Moderna e Contemporânea). - Programa de Pós-Graduação em História Moderna e Contemporânea, Universidade Federal Fluminense, 2004. Disponível em: Acesso em: 01 abr. 2020.

PLANTAR. Linha do tempo. Cascavel, 2020. Disponível em: https://www.plantarnet.com.br

/agricola/> Acesso em: 16 abr. 2020.

POLIÃO, Marco Vitrúvio. Da arquitetura. São Paulo: Hucitec, Fundação para a pesquisa ambiental, 1999.

ROTH, Leland. Entender a arquitetura: seus elementos história e significados. São Paulo: Gustavo Gili, 2017.

SANTOS, Micelle Schneider; ZEIN, Ruth Verde. A moderna Curitiba dos anos 1960: jovens arquitetos, concurseiros, planejadores. In: 8º seminário Docomomo Brasil, 2009, Rio de Janeiro. Disponível em:

Acesso em: 25 ago. 2019.

SANTOS, Jael dos. Uma cidade em movimento: o desenvolvimento urbano de cascavel a partir do acervo fotográfico do Mis – museu da imagem e do som – de cascavel (1960 – 1975). Anais. III Encontro Nacional de Estudos da Imagem, 03 a 06 de maio de 2011, Londrina, PR. Disponível em: . Acesso em: 28 mar. 2020.

SBARDELOTTO, Antônio. Apagam-se as luzes e o Cine Delfim dá os últimos suspiros. Alerta Paraná, 23 de fevereiro de 2019. Disponível em: < https://www.alertaparana.com.br/noticia/3710/apagamse-as-luzes-e-o-cine-delfim-da-os-ultimos-suspiros>. Acesso em: 18 abr. 2020.

SEPLAN. Secretaria de planejamento. Portal do município de Cascavel. 2020. Disponível em: . Acesso em: 19 de abr. 2020.

SOUZA, Gerson da Luz. Cascavel inaugura nova sede do fórum. Folha de Londrina, 15 de dezembro de 1998. Disponível em: . Acesso em: 18 abr. 2020.

SOUZA, Valeria Zamboni. Ressonâncias da arquitetura brutalista nos edifícios das catedrais de Maringá e Cascavel. Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo); Universidade Estadual de Maringá, Maringá, 2015. Disponível em: .Acesso em: 17 abr. 2020.

SPERANÇA, Alceu A. Cascavel: a história. Curitiba: Lagarto, 1992.

SZYMANSKI, Júlio Lech Saraiva. Acervo fotográfico pessoal do autor. 2020.

ZEVI, Bruno. Saber ver a arquitetura. 5. ed. São Paulo: Martins Fontes, 1996.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.