TERATOMA MADURO DE OVÁRIO EM GESTANTE – UM RELATO DE CASO

Taís Gava Bersot, Taciana Rymsza

Resumo


Os teratomas são tumores de células germinativas que podem apresentar tecidos provenientes dos três folhetos embrionários (ectoderme, mesoderme e endoderme). Estes tumores possuem uma forma benigna e outra cancerosa, denominadas teratoma maduro e teratoma imaturo, respectivamente.              Quanto ao teratoma maduro, o foco do trabalho, é mais frequentemente encontrado no ovário e é o tumor de células germinativas mais comum neste local, geralmente afetando mulheres em idade reprodutiva. Este tumor pode conter diferentes tipos de tecidos benignos, incluindo, ossos, cabelos e dentes. Quanto ao tratamento, as pacientes costumam ser curadas com a retirada cirúrgica da lesão. No desenvolver da doença é possível a ocorrência de complicações como torções, rupturas e hemorragias. Na gestante, é possível, dentre as complicações já citadas, que ocorra o bloqueio do parto via vaginal e por isso a presença da doença durante a gestação requer um atendimento médico precoce para tratamento adequado, visando uma diminuição da possibilidade de complicações tanto para a mãe como para o feto.

Texto completo:

PDF

Referências


ANDRADE, D. R., MAGALHÃES, M., ANDRADE, L. C., SEMEDO, L. C., & ALVES, F. C. Teratomas maduros e imaturos do ovário. 2014. Acesso em: 30 ago.2020

BARBOSA, Cirênio de Almeida et al. Teratoma cístico ovariano maduro bilateral. 2003.

BRIONES-LANDA, Carlos Humberto et al. Comparación Del tratamiento laparoscópico vs laparotomía en teratomas ováricos. GinecolObstetMex, v. 78, n. 10, p. 527-532, 2010.

CORRALES HERNÁNDEZ, Yarisdey; AYALA REINA, Zuria. Teratoma de ovario. Presentación de un caso. Medisur, v. 10, n. 2, p. 144-150, 2012.

CRUZ HERNÁNDEZ, Jeddú et al. Tumores funcionales Del ovario. Revista Cubana de Endocrinología, v. 18, n. 3, p. 0-0, 2007.

CUNNINGHAM, F. Gary et al. Obstetricia de Williams. McGraw Hill Brasil, 2016.

D'IPPOLITO, Giuseppe et al. Neoplasias sólidas de ovário: análise sistematizada e ensaio iconográfico. Rev Imagen, v. 28, n. 3, p. 165-70, 2006.

FONDEUR-QUIÑONES, Lilliam Victoria et al. Características clínicas y abordaje quirúrgico del teratoma ovárico. Perinatología y Reproducción Humana, v. 15, n. 4, p. 219-228, 2001.

PARKER, William H. et al. Laparoscopic management of benign cystic teratomas during pregnancy. American journal of obstetrics and gynecology, v. 174, n. 5, p. 1499-1501, 1996.

ZUGAIB, Marcelo et al. Zugaib obstetrícia. 2016.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.