PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DA TUBERCULOSE NO MUNICÍPIO DE CASCAVEL/PR NO PERÍODO DE 2015-2018

Luana Priscila Bamberg Schneider, Rafael Rauber, Cristiane de Bortoli Rota

Resumo


A tuberculose é considerada uma doença infectocontagiosa e é transmitida de pessoa a pessoa através de gotículas de aerossóis. O microrganismo causador da doença é o Mycobacterium tuberculosis. O objetivo desse artigo é retratar o perfil epidemiológico da tuberculose no município de Cascavel – PR no período de 2015-2018, coletando dados por meio da página do Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde (DATASUS) bem como, de pesquisa bibliográfica. No município de Cascavel foram notificados 258 casos de tuberculose no período entre janeiro de 2015 e dezembro de 2018. Ao analisar os dados dos 4 anos, obtêm-se a média aritmética de 64,5 casos por ano. Observa-se um perfil epidemiológico caracterizado pelo sexo masculino (73,64%), com prevalência da faixa etária que abrange dos 30 aos 39 anos (24,03%) e a raça predominante é a branca com 137 casos (60,85%). Em relação às formas de tuberculose, a forma pulmonar da doença foi a que apresentou maior incidência, totalizando 203 dos 258 casos, ou seja, 78,68%. O tratamento diretamente observado (TDO) foi realizado por 243 pessoas, em aproximadamente 94% dos casos. No mesmo período, houve 16 óbitos por tuberculose, equivalente a 6,2% do total de casos notificados, foram 2 óbitos no ano de 2015, 5 no ano de 2016, 4 no ano de 2017 e 5 no ano de 2018. Com base no exposto, ressalta-se a importância do monitoramento constante para manutenção do controle da doença.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.