COMPARAÇÃO BILATERAL DA QUANTIFICAÇÃO NEURONAL DO CÓRTEX PARIETAL E RETROSPLENIAL DE RATOS DE MEIA IDADE SUBMETIDOS À HIPOPERFUSÃO CEREBRAL CRÔNICA

Anauê Acco, Francine Martins Pereira

Resumo


Lesões cerebrais, principalmente nas regiões envolvidas em aspectos cognitivos e comportamentais, são observadas no modelo experimental de doenças neurodegenerativas associadas a hipoperfusão cerebral crônica (modelo 4VO-ACI). Tanto o córtex quanto o hipocampo – regiões envolvidas neste processo -  recebem pouca vascularização, refletindo em perda neuronal e consequentemente em amnésia retrógrada. No entanto, não há relatos de que esta lesão ocorra igualmente em ambos os hemisférios. Objetiva-se assim verificar se a neurodegeneração encontrada ocorre de forma igualitária no córtex parietal e retrosplenial entre os hemisférios cerebrais de animais submetidos a este modelo. Para tanto, ratos Wistar de meia idade foram submetidos ao modelo 4-VO/ACI com intervalo entre as oclusões de 4 dias e cronicidade das mesmas de 30 dias. Após este período, lâminas histológicas da região hipocampal foram confeccionadas e a contagem dos neurônios intactos realizada. Verifica-se que a neurodegeneração foi homogênea quando comparado intra-grupo, fato este que direciona ao mecanismo de homogeneidade da lesão.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.