AVALIAÇÃO DOS PARÂMETROS DE CONFORTO ACÚSTICO DE RESIDÊNCIA EM CONCRETO AUTO-PORTANTE – ESTUDO DE CASO

Fabiane Lauxen, Renata Esser Souza

Resumo


Durante muito tempo, as questões relacionadas ao desempenho acústico das edificações tiveram pouca importância. Devido a isto, muitas das edificações além de não proporcionar um conforto acústico aos seus usuários, comprometem sua saúde física e psicológica. Através de pesquisa, foi constatado que não houve em Cascavel-PR um estudo realizado para averiguar o conforto acústico de edificações feitas de concreto auto-portante. Neste sentido, para suprir essa deficiência existente, buscou-se fazer uma avaliação dos parâmetros de conforto acústico de residências em concreto auto-portante (estudo de caso). Assim, esse trabalho analisou o conforto acústico em uma edificação em concreto auto-portante na cidade de Cascavel, indicando também se esta edificação está de acordo com o que recomenda a norma NBR 10151/00. Essa avaliação compreendeu revisão de literatura, seleção da edificação, coleta de valores dos níveis de ruído internos e externos da edificação em estudo. Os dados obtidos foram confrontados com os valores estipulados pela norma, tendo como principais resultados o fato de que a verticalização da edificação influenciou no conforto acústico dos dormitórios da residência e que a edificação em questão apresentou resultados razoavelmente confortáveis para a fonte de ruído a qual está submetida.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.