A EXPRESSÃO ARQUITETÔNICA DE LINA BO BARDI NO SESC POMPÉIA

Thais Alessandra Antonelli, Kaique Ramon Gomes, Carlos Alexandre Pedrollo, Fabrício Assis Silva, Marcelo dos Anjos

Resumo


O presente artigo tem como finalidade a analise da obra SESC Pompéia, São Paulo, da arquiteta Lina Bo Bardi, buscando evidenciar a influência que a cultura brasileira exerceu sobre a expressão arquitetônica da obra, de características brutalistas. Tendo como base o período que viveu na região nordeste, onde, aprofundou sua pesquisa sobre a realidade brasileira, nos aspectos físicos e antropológicos. Encontrando, as propriedades formais, autênticas e de conteúdo, capazes de compor as bases de um verdadeiro, genuíno e consistente desenho brasileiro. Buscando fundamentação teórica necessária para o desenvolvimento desta análise foi utilizada a metodologia de pesquisa e revisão bibliográfica.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.