AVALIAÇÃO DA ATIVIDADE ANTIMICROBIANA DE EXTRATOS VEGETAIS AQUOSO E ETANÓLICO DE Psidium guajava

  • Leonardo VERDERIO, Leonardo Álisson Pompermayer Verderio
  • Laís Dayane Weber

Resumo

Nos últimos anos, estudos com extratos vegetais vêm sendo desenvolvidos para tentar descobrir novas propriedades antimicrobianas provenientes de produtos naturais e menos agressivos a saúde, e possivelmente utilizados no combate de micro-organismos como a Salmonella isoladas de carnes de aves e que tem causado prejuízos para a saúde humana. Sendo assim, o presente trabalho propõe por meio do método de micro diluição em caldo a determinação da concentração inibitória mínima (CIM) e a concentração bactericida mínima (CBM) dos extratos vegetais aquoso e etanólico de Psidium guajava (goiabeira vermelha) testados frente a quatro sorovares de Salmonella: S. enteretidis, S. heildelberg e S. typhimurium isoladas de carne de frango e S. heidelberg ATCC 8326, afim de determinar a menor concentração do extrato necessária para inibir ou causar a morte desses micro-organismos. O extrato etanólico apresentou-se como bacteriostático e bactericida frente aos sorovares de Salmonella, sendo a CIM e CBM em mg/mL respectivamente: 25/50 para S. enteretidis, 25/100 para S. heidelberg, 25/25 para S. typhimurium e 25/100 para S. heidelberg ATCC 8326 e o extrato aquoso não apresentou atividade antimicrobiana para nenhum dos sorovares testados. Contudo, o extrato etanólico de Psidium guajava pode ser utilizado futuramente como antimicrobiano alternativo para frangos de corte.

Publicado
Jul 6, 2018
##submission.howToCite##
VERDERIO, Leonardo VERDERIO, Leonardo Álisson Pompermayer; WEBER, Laís Dayane. AVALIAÇÃO DA ATIVIDADE ANTIMICROBIANA DE EXTRATOS VEGETAIS AQUOSO E ETANÓLICO DE Psidium guajava. Revista Thêma et Scientia, [S.l.], v. 7, n. 2, p. 293-302, jul. 2018. ISSN 2237-843X. Disponível em: <http://www.themaetscientia.fag.edu.br/index.php/RTES/article/view/775>. Acesso em: 16 ago. 2022.
Seção
Meio Ambiente e Agrárias