A EVOLUÇÃO DO MUSEU NA HISTÓRIA: DO ARMÁRIO-CAIXA À NOVA INTERFACE TECNOLÓGICA

Felipe Gustavo Silva, Karen Alessandra Solek Soares

Resumo


O propósito central deste artigo é o de apresentar a evolução na concepção da arquitetura museológica, levantando e analisando a linguagem arquitetônica no decorrer dos séculos, mais especificamente, desenvolver um estudo sobre a origem dos museus e da conservação da história. Essa musealização que ocorre mantém em acervos o patrimônio imaterial, manifestações humanas e naturais que estão em constante mudança. Obteve-se a problemática, através da estrutura arquitetônica projetual, de como se deu a evolução museológica na história, sendo um meio de resolução das carências de local para exposição e preservação da memória em imagem, vídeo e áudio. Nesse sentido, este artigo resgata a importância dos museus como abrigo do acervo cultural, visando preservar a história coletiva, com o objetivo de fortalecer o conhecimento da população. Proporcionando assim, espaço para novas criações e o ensino de práticas de conservação, atingindo importância social tornando instrumentos de prospecção turística.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.